2006-04-11

Uma imagem, dois lados...


Já vai algum tempo desde que este pequeno Blog, perdido algures num servidor distante que alguém conhece ou jamais viu, começou... Apenas tinha duas coisas em mente: escrever só quando tivesse algo para escrever, e não mostrar imagens...
Porque se escrevesse algo, teria que procurar uma imagem que demonstrasse pelo menos parte do que escrevi... se encontrasse primeiro uma imagem, teria que procurar um texto que descrevesse os sentimentos por ela transmitidos... preferia separar os dois mundos, mas a tentação de os unir não se detém tão facilmente...

Olho para a foto. Podia dizer que foi retirada de uma revista e quase todos se acreditariam. Podia associá-la a algum fotógrafo conhecido e ainda assim grande parte iria aceitar tal engano como verdadeiro. Podia estar nas páginas de um livro de poemas sobre a vida, sobre o mar, sobre inúmeros sentimentos... Podia estar num livro de reflexões de algum filosofo... Podia pôr-nos a pensar sobre o que queremos que sustenha a nossa vida: algo que se aparenta seguro mas se desfaz como cordas velhas, ou algo firme e que apesar de desgastado ainda nos continua a suster tal como duas barras de ferro...

Compreendem agora o porquê de não querer juntar imagens com pensamentos? A ideia perde-se, modifica-se, torna-se algo que não foi o pensado ou reflectido... Ambas as partes tendem a influenciarem-se uma à outra e são levadas no momento, pelo momento...
E no entanto, esta imagem está aqui... Não por poder ter uma infinidade de significados mas, por um lado, por reflectir o meu fascínio pelo sol à beira mar e pela fotografia, que embora me permita captar um momento que todos vêm, tento usa-la para captar algo que imagino ou tento imaginar como resultado...
Por outro lado, esta foto é o resultado de um dia bem passado... um bom passeio pela praia na companhia de amigos, com o único senão de não o ter podido partilhar com uma pessoa...

No entanto, o mar continuará a mover-se, o sol continuará a nascer e a pôr-se, a velhinha Nikon continuará a tirar fotografias e eu lá estarei para as aproveitar, para as partilhar...

6 comentários:

Anónimo disse...

Por muito que queiramos iludir-nos, o Mundo continuará a girar e os nossos momentos de reflexão serão só nossos.Como eu te entendo.
Partilhar...a palavra mágica.É sempre bom partilhar pensamentos recheados de ternura.Gostei muito.

Ah...e a foto está perfeita

bjs.

E.

Prisca disse...

Gostei...a foto está esplendida...nem sei o que dizer!Adorava ter passado esse dia convosco, mas esta doença aprisiona-me em casa...
Depois quero ver as restantes fotos que devem estar tão boas como esta!
Continua assim...gosto de ler o que escreves.
beijo da doentinha
prisca

Anónimo disse...

BOM DIA!!!
Passei por aqui e li o post de prisca...AS RÁPIDAS MELHORAS.

Vá...para ficares nas próximas fotos...
Desejos de um Bom dia para os dois.

kiss

E.

Anónimo disse...

Não tens aparecido....

E.

Anónimo disse...

Não escreves mais?
vou espreitando...

E.

A.N. disse...

Escrever escrevo... mas as ideias não andam a vir ao de cima...
Ja que visitas isto tantas vezes, qual é mesmo o teu nome? Sabes que isto de ficar só pelo "E." fica um cadinho vago... ;)