2006-06-20

Amigos...


Observo este mundo. Não há um dia onde não se veja violência nele... Não há um dia onde não se veja uma guerra no fundo da rua... um atentado na casa ao lado... assaltos, corrupção, mortes, mesmo no nosso quintal.
Leio o jornal... Tratados Humanos violados por países para os quais as suas leis neles se assentam mas que são usados sobre a velha frase “a justiça é para todos, mas é mais para uns do que para outros”... Conflitos sobre o poder do nuclear, sobre o poder político nele instaurado, sobre o poder psicológico das bombas actuais e das subjacentes a estas...
Podia pintar um quadro assim, mas não estaria a aproveitar todas as cores, toda a tela que disponho. Apesar de tudo há algo, que independente do nosso futuro e do que façamos com ele, independente das nações, dos reis e governantes, há algo que ficará para sempre enquanto existirmos: a amizade. A amizade que une duas pessoas, um grupo de amigos...
Podia falar do amor, mas existem tantas formas dele que é quase impossível defini-lo... além disso, nem sempre encontramos aquilo a que chamamos de amor... aquele sentimento que sentimos por alguém que poder ser tão forte e tão frágil ao mesmo tempo... Ter amigos porém... os verdadeiros amigos... aqueles que nos sabem apoiar e chamar a atenção... aqueles que tanto dizem palavras de carinho como nos fazem relembrar os velhos raspanetes dos nossos pais... esses vão-nos acompanhando ao longo da vida... Mesmo quando não os vemos eles estão lá para nos apoiar. E quando algo corre bem, se olharmos para trás vamos ver que não estivemos sozinhos... em algum ponto um amigo nos ajudou... um amigo disse algo que não nos deixou desistir...

Por vezes dizem que mudamos... que não somos mais os mesmos... mas todos mudam. As únicas pessoas que não mudam são aquelas que se sentam no sofá, ligam a TV da vida, e limitam-se a vê-la passar. Sem interagir... sem questionar... simplesmente vêm-na passar...

Os amigos nem sempre se aturam... nem sempre estão de acordo... nem sempre estão para falar... por vezes chateiam-se... mas apesar de tudo, a amizade persiste...
Podemos amar imensamente alguém, mas esse amor nem sempre durará... a amizade, por outro lado, ficará sempre presente...

PS: A foto, não tem qualquer alteração... calhou mesmo assim... os unicos a quem posso agradecer, são aqueles quatro e todos os outros presentes naquele belo dia : )

2 comentários:

Prisca disse...

Os amigos são realmente os nossos pilares...houve alturas em que me senti sozinha, alturas em que senti que não estava a ser amiga...alturas que me magoam porque não dei o devido valor à amizade...mas ela é realmente das coisas mais importantes!!
Neste último ano senti muitas mudanças na minha vida e os amigos foram essenciais para me levantar nos momentos dificeis e para eu poder partilhar coisas que me vão acontecendo!!Mas muitas vezes me questono se eu estou a ser amiga?!
Sei que tenho falhado muito...que já devo ter magoado muito e peço muitas desculpas se isso aconteceu contigo...infelizmente não sou perfeita mas estou a tentar aperfeiçoar-me!!!
Beijinho grande
Prisca

Memórias de Um Sorriso Luso disse...

Que tal o exame?
Espero que tenha corrido bem...

Kiss

E.