2006-12-11

Sombras...

É incrível como elas nos perseguem dia após dia mesmo quando se pensa que ficaram para traz: ou porque nos voltam a relembrar, ou porque teimam em nos atirar o passado à cara... Independentemente do que se faça, do que se mostre, do que se construa, há sempre alguém que vem e nos atira com mais uma pedra que já se pensava perdida. É triste, ainda mais de quando é de quem se esperaria mais apoio.
Mas, estamos na época natalícia, há que por o sorriso na cara e esquecer... pelo menos até Dezembro acabar...

3 comentários:

Memórias de Um Sorriso Luso disse...

Vou falar e talvez dizer asneira...mas lá vai :)

Se as pedritas são atiradas pela familia(fecha os olhos e perdoa) só queriam e querem o teu bem, acredita.Mas...e há sempre um,se é de alguem de fora, não deixes que nem por um segundo, essa pedra te magoe.Nada, nem ninguem é totalmente honesto quando recrimina.Só tu tens capacidade para saber porque o fizeste(seja lá o que fôr).Gostava muito, mas mesmo muito de saber-te feliz independentemente de opiniões alheias.
Força ! E um grande beijinho.

(mas se for a familia...mesmo depois do Natal...é para perdoar )

ah! e já tinha saudades de te ler.

Sara disse...

Nem um sorriso de "crocodilo" (=hipocrita, falso) sabes fazer!Olha que para Cinha (com caca) Jardim, Lili Caneças... O Pai Natal emagreceu e tá pendurado nas varandas/janelas durante 1/2 meses!
Penso que, desde que sou pequena, que a minha sombra ta pregada aos meus pés, mas por mais que procure, nao encontro os pregos nos pés!

Memórias de Um Sorriso Luso disse...

Um Bom Natal para ti menino do Norte ( :)

Porta-te bem...olha as prenditas !

beijinho

eu volto...prometo